O que vale a pena comprar no exterior!!

Lista de compras no exterior


Quem está com viagem internacional marcada ou tem alguma amiga camarada que não vai se importar em trazer umas coisinhas extras, pode preparar a lista de cosméticos-desejo. Aqui, uma pequena compilação de produtos trazidos por mim e também dicas de amigas que rechearam seus nécessaires nas últimas viagens. Acredite, vale cada centavo!

1. Surf Spray, Bumble & Bumble
A marca foi uma das primeiras a lançar o spray que imita água salgada, produto que virou queridinho dos hairstylists para criar o ondulado cool, à la Gisele. É o preferido de Marco Antonio de Biaggi, por exemplo, que costuma borrifar no cabelo da mulherada para deixar os fios volumosos e supersexy. Além de segurar o look por um bom tempo, tem um cheiro ótimo.
2. Soft-Dry Conditioner, Oribe
Até eu ir para Nova York a trabalho em março, eu nunca tinha testado um condicionador em spray. A Schwarzkopf lançou um desses por aqui recentemente, mas eu não havia experimentado. Esse produto, assim como o dry shampoo, é ótimo para quando não dá tempo de lavar o cabelo. Mas ele tem efeito contrário: enquanto o xampu a seco disfarça a oleosidade, este dá uma amaciada nos fios, eliminando o frizz. A diferença entre esse produto e um leave-in convencional é a textura, bem mais leve, podendo ser usado, inclusive, por quem tem cabelos finos e lisos.
3. Purifying Brush Shampoo, Sephora Collection
Esse produto pode até ser um luxo, já que muita gente limpa seus pinceis de maquiagem com xampu infantil. Mas gosto deste porque não faz muita espuma e é mais fácil de enxaguar.
4. Lip Balm, Carmex
É um clássico das farmácias de NY. Baratinho e megaeficaz, dá para trazer aos montes. Tenho em vários formatos, mas gosto desse de potinho porque uso também para hidratar as unhas e até os cotovelos, na falta de um creme mais potente.
5. Lip Tar, Obsessive Compulsive
Outra amiga minha me apresentou essa delícia em uma Sephora de NY. A bisnaguinha colorida tem vários acabamentos: matte, gloss, stained. Gosto da matte, que tem uma textura aveludada — a boca não fica seca, parecendo que vai rachar. E as cores são maravilhosas, perfeitas para quem é fã de tons vibrantes.
6. CC Eye Correcting, Peter Thomas Roth
Ganhei esse corretivo de uma das meninas da equipe de beleza da Marie Claire americana. De um lado, é um hidratante iluminador e do outro, um tom mais forte para disfarçar as olheiras. Por que eu gostei? O que me pegou foi a textura superfluida e poder de iluminar (realmente!) a área dos olhos. Não é o melhor de todos no quesito cobertura, mas é bem eficaz para dias em que a olheira não está bombando.
7. Corretivo Point Cealer, Shu Uemura
Quem me mostrou foi minha amiga/chefe Laura Ancona, que trouxe essa maravilha cosmética do Japão. Cobre tudo! E a textura é cremosa, mas superleve. Às preocupadas com as ruguinhas, aviso: não marca as linhas e não craquela. Mas, segundo a Laura me contou, a vendedora disse que só vende no Japão. Duvidamos! Vale uma visita em alguma loja da marca dos Estados Unidos ou Europa. Vai que…
créditos: Revista Marie Claire

Você pode gostar de

Sem comentários

Deixe uma resposta