Cuidados para conservar nossos sapatos sempre novos

Boa tarde amoressss! Cuidados para conservar nossos sapatos sempre novos. Hoje vim falar de um problema que passo freqüentemente e não sei o que fazer, por isso fui pesquisar quais os cuidados que temos que ter com nossos babys. Não estou falando de crianças não, estou falando de sapatos quem os ama eles são os nossos babys, vocês sabem como conservá-los? Como o nobuck não esbranquiçar? E os sapatos nudes complicados, com as nossas calçadas ótimas para andar, como não perder o saltinho?
Vocês também têm essas dúvidas? Você paga caro no sapato, tem um medo danado de andar com eles, mas o que fazer eles servem para isso e como não mostrar aquela obra de artes? Imagina um Laboutin solado vermelho lindoooooo todo ralado ai Deus é a morte não é? Mas não tem jeito, comprar para deixá-lo exposto como um quadro eu não consigo gosto de desfilar com eles, senão teria comprado um quadro não um sapato. E vocês usam ou tem dó? Mesmo que expostos tem que ter cuidados para o couro não ressecar, eles precisam respirar e dormir. Nessa matéria que li e amei na revista Marie Claire de truques para durar mais, e acrescentei mais alguns cuidados.

Cuidados para conservar nossos sapatos sempre novos

DEIXAR OS SAPATOS DESCANSAREM EM SUAS RESPECTIVAS CAIXAS É TAREFA IMPORTANTÍSSIMA
Embora muitos sapatos tenham uma vida útil de cinco anos em média, é possível estender este período com alguns cuidados específicos. Afinal, não é nada fácil ter que abandonar um par queridinho e que exigiu um investimento considerável. E o melhor é que os métodos de conservação são superpráticos. Confira!


1. LANCE MÃO DE ESPONJAS MÁGICAS

Elas são milagrosas não só para eliminar manchas de paredes, quanto para salvar os sapatos com marcas. O segredo está em usá-las assim que a mancha é detectada. Quanto mais tempo ela ficar no calçado, mais difícil será para sair. Sabe os tênis brancos do momento e os clássicos sapatos nudes? Eles vão parecer novinhos em instantes!


2. TODA NOITE, COLOQUE OS SAPATOS OS SAPATOS PARA “DORMIR”

Encare as caixas como uma espécie de cama dos seus calçados. Para evitar qualquer desgaste, coloque-os de volta logo depois do uso. Aproveite ainda para rechear os dedos com uma pelúcia que mantenha o formato e jamais posicione um pé sobre o outro. Eles precisam de espaço! Então, não descartem as caixas, elas são importantes para um sapato amassar o outro, principalmente os de camurça conserva melhor. Eu como tenho sapateira sempre dispensei as caixas, por isso meus sapatos perdiam as cores facilmente.


3. TROQUE O SOLADO COM FREQUÊNCIA

Colocar uma sola nova nos sapatos periodicamente é uma ótima maneira se fazê-los durarem mais. Além disso, é muito mais barato do que ter que comprar novos pares com certa frequência.


4. FAÇA UM ESTOQUE DE CANETA TINTEIRA

A técnica é antiga, mas ainda funciona. Lance mão de canetas marcadoras para cobrir possíveis marcas do calçado. Elas dão resultado, principalmente, nos pretos. Para turbinar o efeito, procure um profissional e dê um banho de cor nele de tempos em tempos.


5. ENCONTRE UM SAPATEIRO DE CONFIANÇA

Ter alguém a quem você possa recorrer diante de qualquer emergência é a dica mais preciosa de todas. Dessa forma, quando o calcanhar do seu sapato preferido dividir ao meio, ele saberá repará-lo em uma hora.

6. E SE MOLHAR?

“Envolva o calçado em um pano seco, para que a água seja absorvida e depois deixe a peça secar em local protegido do sol”.


7. PODE ENGRAXAR EM CASA?

Sim, mas com produtos adequados. “Recomendamos pastas que contenham ceras naturais. Elas promovem longevidade e hidratação ao couro. Outra alternativa é procurar lojas especializadas em consertos de calçados”, comenta Nadir.


8. DEU CHULÉ?

A bactéria que promove o odor fica no calçado e não no pé. Por isso, faça uma limpeza no calçado após o uso. “Não há necessidade de lavar o calçado, mas limpar a palmilha interna, e deixá-lo respirar por pelo menos 24 horas ajuda a combater essas bactérias”, explica Nadir.
Jimmy Choo sou apaixonada!!

Ralph & Russo

E os sapatos de couro?

 
  • Nunca coloque os sapatos na água, isso pode prejudicar o couro. Dessa forma, utilize um pano úmido para realizar a limpeza ideal. No interior do calçado, utilize uma escova umedecida, evitando sempre o excesso de água.
  • Adquire produtos específicos para fazer a limpeza, pois os calçados de couros não podem ser lavados com produtos químicos, isso pode rachar o couro ou manchar o sapato.
  • Os sapatos devem ser secados, porém evite que os mesmos fiquem expostos ao sol por muito tempo. Sendo assim, logo que estiverem limpos, coloque no sol, mas por pouco tempo, depois deixe que eles sequem em lugar arejado, mas na sombra, isso evita o ressecamento do couro.
  • Existem alguns cremes apropriados para hidratar o couro, por isso, compre um desses cremes e espalhe pelo couro, retirando o excesso com o pano. Isso mantém o brilho e a hidratação do sapato.
  • Nunca guardem em sacos de plástico, o couro precisa respirar.
  • Nunca dobre o couro, principalmente se você só irá usar no inverno do ano que vem, marca e estraga o couro.
  • Outro cuidado também para que o calçado fique com uma boa aparência é aplicar pelo menos uma vez por mês um creme de limpeza ou líquidos de brilho.
  • Não use o sapato dois dias seguidos, o couro precisa respirar.
Ufa couro dá um trabalho né, mas se cuidar eles duram muito, por isso o couro puro, aquele cheirando vaca mesmo é caro. Está faltando o famoso nobuck e o camurça, não podemos esquece-lo deve dar trabalho.
Manolo Blahnik
  • Para proteger contra a penetração de poeira e líquidos, aplique um impermeabilizante antes de usá-lo pela primeira vez. Para remover sujeiras entre os felpos, utilize escovas de cerdas duras ou borrachas especiais. No caso de sujeiras mais profundas, escove, lave com xampu apropriado e seque à sombra. Após a secagem, use um renovador, produto que ajuda a restaurar a cor e maciez.
Só isso? Pensei que fosse mais complicado, se passar o produto antes de usar ele não vai desbotar nem ficar com aquela aparência de velho. Agora nosso X da questão e o último quesito: “Como não perder saltinhos nos buracos das calçadas!!” Acabaram nossos problemas, vejam:
 
É muito frustrante você se preparar toda, fazer aquela produção especial, pensar em todos os detalhes e, quando for conferir no armário, ver que seu salto alto maravilhoso está estragado.

 

Todas as mulheres que calçam sandálias ou sapatos, principalmente de salto fino, sabem que às vezes rolam uns “deslizes” por causa dos buracos ou de algum outro obstáculo nas ruas. Ai você vê seu salto grudado na grade, afundando na grama e, no fim, ele fica esfolado e com pequenos riscados.
 

Mas parece que inventaram uma solução para este problema. Um acessório teoricamente tão simples, fácil de usar e além de tudo em conta. É o protetor de salto. Fico questionando: como ninguém teve essa brilhante ideia antes?
A utilização das capinhas é muito prática. Basta encaixar no salto e pronto. Além de proteger contra estragos, algumas dão mais firmeza e equilíbrio no passo.
 
E só a Arezzo comercializava esta capa protetora. O modelo é de borracha, pega todo o cumprimento do salto e possui treze cores diferentes. Como assim, alguém pelo amor de Deus procura patentear o produto, vai ficar rico!!!


Gostaram das soluções? Agora não tem mais desculpas, mãos a obra quero ver todos com a cara da riqueza!!

 
Bjus de luz e uma ótima semana a todos!!
 
Gabi
 
Créditos: Revista Marie Claire, Bottero, Hoje em Dia e site Chic

Você pode gostar de

Sem comentários

Deixe uma resposta