Dicas de lanches saudáveis para nossos filhos

Boa noite bloguetes!! Dicas de lanches saudáveis para nossos filhos. As aulas voltaram, e para algumas pessoas que são mães sofrem na hora de fazer os lanches para seus filhos. No começo do ano fiz um cronograma de lanches a cada mês eu mudava e fui atrás de lanches saudáveis e foi complicado, então, eu peguei umas dicas com o pediatra nutrólogo Dr. Mauro Fisberg para facilitar as nossas vidas que tal? Dr. Mauro Fisberg explica que o segredo é reunir alimentos de diversos grupos como os que são fontes de carboidrato, proteínas, gorduras boas, vitaminas e minerais.
A preocupação em elaborar uma lancheira nutritiva para as crianças está cada vez maior, principalmente quando chega o fim das férias e a garotada precisa retornar às aulas. O dia a dia dos pais não é uma tarefa fácil e, ainda, arranjar um tempo livre para, em todas as manhãs, preparar uma combinação nova e diferente é um desafio e tanto. Por isso, é importante usar a criatividade, variar a alimentação e se atentar às novidades e informações nutricionais de cada produto disponível nas gôndolas.
 
Segundo dados da POF (Pesquisa de Orçamento Familiar 08/09), em 2009, uma em cada três crianças de 5 a 9 anos estava acima do peso recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A obesidade infantil pode ser causada pela ingestão inadequada de alimentos, a falta da prática de atividades físicas e por horas excessivas de uso de televisão, videogames e computadores. Outros  fatores como os ambientais, biológicos, hereditários e psicológicos também podem causar o aumento de peso.
 
Segundo o Prof. Mauro Fisberg, pediatra nutrólogo e coordenador do Centro de Dificuldades Alimentares do Instituto Pensi do Hospital Infantil Sabará, a lancheira deve possuir uma quantidade controlada de açúcar, para ajudar a criança a ter uma alimentação mais equilibrada. “O segredo é variar e sempre consumir alimentos de todos os grupos alimentares nas diferentes refeições, como pães, massas, frutas, legumes, carnes, leguminosas, óleos e açúcares em moderação”.
  
“Esses alimentos irão nos entregar nutrientes importantes como carboidratos, proteínas, gorduras boas, vitaminas e minerais. Na lancheira, precisamos unir sabor, nutrientes, praticidade, custos e especialmente aceitação de alimentos adequados ao horário e para manter a energia durante o período escolar ou para o horário de intervalo entre as refeições principais”, reforça Dr. Mauro. “Além dos alimentos, é essencial nos atentarmos também ao tipo de bebidas que consumimos, devendo priorizar a hidratação, com água, bebidas nutritivas, como os sucos de frutas naturais, água de coco ou bebidas à base de soja.
Estas oferecem uma combinação de proteínas, minerais e vitaminas importantes para o sistema imunológico e desenvolvimento da criança”, destaca.
 
Confira algumas dicas do Dr. Mauro para variar a lancheira, sem perder o sabor e a qualidade nutricional “Uma sugestão interessante é a de deixar a lancheira sempre colorida, para chamar a atenção dos pequenos, mantendo sabor e nutrição aliados”, explica o pediatra. Algumas destas receitas podem ser variadas com apoio de nutricionistas:



Opção1:


– 1 Pão de mandioquinha com ervas
– 1 colher (sobremesa) de creme vegetal ou de queijo

– 1 copo (200ml) de bebida à base de soja sabor Laranja

Opção2:

– 1 fatia de pão integral

– 1 colher (sobremesa) de geléia de frutas natural

– 1 copo (200ml) de suco natural de uva sem açúcar

-1 fatia de mamão picado

Opção 3:

– 1 fatia de bolo de laranja caseiro simples

– 1 banana

– 1 copo (200ml) de bebida à base de soja sabor Morango

Opção 4 :

– 2 bisnaguinhas integrais

– 1 colher de patê de atum com cenoura

– 1 copo (200ml) de suco natural de abacaxi

Opção 5 :

– Pão de mandioquinha e ervas com cream cheese

– Morango picado

– Bebida à base de soja sabor Maracujá

Gostaram? Bora fazer lanchinhos saudáveis para nossos anjinhos, a saúde deles agradecem!!

 
Bjus de luz e uma ótima noite!
 
Gabi

Você pode gostar de

Sem comentários

Deixe uma resposta